3 de maio de 2012

Cantina Capuano

Quando se pensa em tradição no Bexiga, logo vem a Cantina Capuano em minha mente. A cantina funciona desde 1907, mas não pense que o local está caído só por ter 105 anos de existência. Pelo contrário, a típica cantina italiana conseguiu evoluir, sem perder sua identidade. As toalhas de plástico foram substituídas pelas de pano, o menu fixo transformou-se em um cardápio ampliado recheado de delícias napolitanas e o horário de funcionamento estendeu-se para satisfazer todas as necessidades dos clientes.
Pintada de verde e vermelho, a pequena fachada é simples e quase passa despercebida. Quase, porque esse alerta da idade da cantina chama a atenção. Adentrando na Capuano, a simplicidade continua e é o que torna a experiência ainda mais envolvente.
O ambiente aconchegante, os lustres enfeitados com tirinhas de papel nas cores da bandeira e as paredes lotadas de quadros misturam a história de São Paulo com a da Itália. Nas fotos, encontramos de tudo: celebridades, políticos, imigrantes italianos, paisagens características, o famoso mapa no formato de bota, entre outras peculiaridades. E claro, como não poderia deixar de ser, o clima é todo aparantado com as efusivas canções alá Achiropita ao fundo. Complementando, o atendimento também é ótimo.
Já estive algumas vezes lá, porém só dessa vez fui com tempo para mostrar toda a odisséia gastrônomica aqui no blog. O caro couvert vale a pena, pois inclui a melhor Sardela que já comi e o pão italiano é o legítimo Basilicata.
Há muitas opções de pratos originais, entretanto tenho o costume de pedir os carros-chefes da casa, ou seja, o Fusilli ao Sugo e o Cabrito alla Pizzaiola. O sabor caseiro do macarrão é sensacional e somado ao fresco sugo de tomate torna-se irresistível. E o apetitoso cabrito é cozido lentamente em molho preparado com tomates, cebola e vinho tinto.


Os vinhos disponíveis são poucos e os valores altos. Mesmo assim, existem boas garrafas e não resistimos na harmonização com o italianíssimo Montepulciano (R$72,90).

As sobremesas são bem básicas e nós nem degustamos. Apesar disso, devo alertar que a conta ficou cara. Acho que até um pouco demais pela modéstia do lugar, entretanto paga-se por sua lendária participação no desenvolvimento da autêntica culinária paulistana.
Finalizando a comilança digna de Magali, o cafezinho é gostoso e um belo digestivo. Acrescentando mais algumas informações importantes, o estabelecimento é de fácil acesso e é trânquilo parar o carro na rua. Mesmo se não conseguir vagas, existem estacionamentos ao redor. O horário de funcionamento é o seguinte:
Terça à sexta - Almoço das 11:30 às 15:00 e Jantar das 19:00 às 23:30
Sábado - Almoço das 11:30 às 16:00 e Jantar das 19:00 às 00:30
Domingo e feriados - Somente almoço das 11:30 às 17:00
(couvert artístico é cobrado no sábado à noite e domingo no almoço)
Enfim, essa tradicional cantina é parada obrigatória para os apreciadores da clássica gastronomia na deliciosa e múltipla Itália. Boa diversão e... mangia che te fa bene!  

Endereço: Rua Conselheiro Carrão, 416, Bela Vista - São Paulo/SP
Site: http://www.cantinacapuano.com.br/
Média de preço: R$85/pessoa (sem sobremesa e com vinho em uma mesa de 4 pessoas)
Data da visita: 01/05/12

6 comentários:

  1. Adorei o post, reproduziu fielmente a tradicionalíssima Cantina Capuano!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, namorado/motorista/colaborador! rs

      Excluir
  2. Olá!

    Já li várias reportagens sobre essa cantina e sempre tive vontade de conhecer. Agora que estamos de volta precisamos voltar aos nossos encontros e almoços!

    Gostei das fotos!

    Bjo,
    Carlos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo querido!!! Td bem?!?

      Pois é... a Capuano é muito tradicional e tenho certeza absoluta que vc e a Dê iriam amar!

      Podemos marcar de irmos lá, vale a pena ir muitas vezes!:)

      Bjs,
      Vanessa

      Excluir
  3. Eu e minha esposa conhecemos a cantina Capuano na semana passada mas infelizmente ela não correspondeu as nossas expectativas. O lugar é feio, o garçom mal educado, o banheiro é velho e sujo e a massa é sem graça e preparada com muita economia de ingredientes. Mas o melhor mesmo ficou para o fim, todo este pacote custou R$100,00 por pessoa.Se esta cantina já foi boa faz muito tempo... Não volto nunca mais!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá "anônimo"...

      Que pena que achou tudo isso de ruim lá. Infelizmente ou felizmente pra mim, eu realmente não concordo com vc.

      O lugar não é feio e, sim, simples... o que é bem diferente. Não tem nada de refinamento, inclusive nos banheiros. Mas é isso que dá o charme ao local, já que é a cantina mais antiga de SP e isso se traduz no ambiente.

      Garçom mal educado? Já fui lá inúmeras vezes e isso nunca aconteceu comigo. Talvez o mau humor esteja nas expectativas do cliente e não no atendimento em si.

      Massa sem graça??? Definitivamente, não estamos falando do mesmo lugar. O bom é que nesse mundo, tem espaço pra todos: afinal, gosto é gosto.

      Finalmente, o preço é de acordo com o tradicionalismo da cantina. Não sei que tipo de lugar costuma frequentar, mas é claro que temos gostos deverás diferentes!

      Atenciosamente,
      Vanessa Fernandes

      Excluir